segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Podemos tentar ser amigos?

Ana Luiza de Jesus Alves

Eu sei que eu posso ser estranha.
Muitas vezes até maluca.
Pode me achar até sem noção,
Mas todo mundo merece uma chance.


Eu entendi que nada vai rolar,
Mas me deixa ser sua amiga.
Pode até ser legal
Me dá uma chance!


Não custa nada experimentar
Pois nada tens a perder
Pode apenas ter uma chance
De uma grande amizade fazer.


Me dá uma chance!
O que custa tentar?


Pode até ser que nunca funcione
Mas vale a pena tentar
Está tudo nas suas mãos
Vê se não deixa tudo escapar.


Depois não adianta chorar
Suas chances terão acabado
Paciência é de ouro
Mas não dura pra sempre.

Fonte: A utopia das palavras. Vol. 8. Brasília: Centro Educacional Sigma, 2008.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Muito bom viajar!

Outro dia eu estava lá em Brasília, pensando em como aproveitar melhor o restinho das minhas férias.
Pois é, nada melhor do que rever os amigos do peito e matar as saudades pessoalmente!
Mesmo sabendo que a internet mantém as pessoas conectadas e mais próximas, sempre é possível pegar um ônibus, carro ou avião e chegar assim de repente e abraçar cada um que não saiu do coração e do pensamento durante todo o ano passado.
Mas que ousadia a minha, achar que a minha presença seria o maior presente...
Trouxe apenas um para cada e estou levando de volta, muito mais do que trouxe!
Aqueles que não receberam minha visita em pessoa física hoje, recebam meu abraço fraternal!

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Agora O que eu realmente quero?
Como Posso efetivamente fazer isso?

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Estou participando!

A Blogagem Coletiva “Contra a pedofilia, em defesa da inocência”, além de alertar pais e educadores para os perigos que rondam as crianças, vem à público pedir que o governo federal olhe com mais carinho o trabalho realizado pela nossa polícia e a congratule com aquilo que merece.

Vários blogueiros se uniram e, comandados por Luma Rosa, escolheram essa data para falar de um tema que não precisaria ser tratado, se não existissem pessoas que são incapazes de enxergar a inocência e a pureza de uma criança, e olham apenas aquilo que interessa a seu bel prazer.
O Ibope/NetRacings constatou que, em fevereiro deste ano, 1,3 milhão de brasileiros de 6 a 11 anos acessaram a Internet. A média de permanência dessas crianças na Rede foi de 9 horas e 53 minutos. Adolescentes entre 12 e 17 anos, 2,4 milhões do total, permaneceram 38 horas e 17 minutos.
Isso quer dizer que, enquanto você lê este artigo, milhares de jovens estão ligando o computador para jogar, trocar mensagens instantâneas, acessar fotoblogs e o Orkut, que abriga inúmeras comunidades pedófilas.
Aproveite a ocasião da blogagem coletiva para contribuir.
Vamos contribuir para fortalecer aquele que precisa.

Estou confirmando minha participação!

A LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências.Título I - Das Disposições Preliminares
Art. 1º Esta Lei dispõe sobre a proteção integral à criança e ao adolescente.

Art. 2º Considera-se criança, para os efeitos desta Lei, a pessoa até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade.
Parágrafo único. Nos casos expressos em lei, aplica-se excepcionalmente este Estatuto às pessoas entre dezoito e vinte e um anos de idade.

Art. 3º A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade.

Art. 4º É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Um intervalo pro comercial

Caros amigos e leitores virtuais, estou aqui especialmente para apresentar pra vocês a mais nova blogueira!
Adriana Costa, minha irmãzinha, artesã de mão cheia e crocheteira profissional.
O blog presenta novidades em roupas de bonecas tipo Barbie e outras especialidades em crochet.
Está começando agora e promete muitas peças criativas e interessantes, valendo boas visitas para os fãs de artesanato e apaixonados por Barbie.


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Posso trocar a velha janela aberta por esse caminho verde!

Luiza Helena
Eu Posso!!

Tenho certeza que os melhores momentos estão chegando! Trazendo dias ensolarados e tranquilos, e até chuvosos e úmidos.
Vejo minhas filhas alegres e barulhentas como os pássaros que insistem em me chamar pra vida!
Posso finalmente passear neste lugar verde por todos os lados; ouço, enfim, o som suave do pequeno riacho que corre faceiramente pelo leito estreito de pedras. Mergulho na água transparente e gelada!
Sinto o aroma das flores desabrochando; respiro ar puro, fresco e úmido.
Saboreio as frutas maduras como fazem as crianças doces...
Sem me importar se é fantasia ou realidade, sento à sombra desta agradável varanda,

Fico entusiasmada enquanto escrevo estas palavras insistentes que teimam em escorrer por entre meus dedos enquanto tento segurá-las...
Posso sentir a brisa soprar suavemente
e as nuvens cinzentas e insistentes anunciando
a próxima chuva que vai levar embora meus pensamentos tristes ...

Eu Posso!!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Gostei do teste!

Esta foi minha Resposta:
"Sabe como curtir a vida, mas sem cometer exageros.
É equilibrada e nunca quer mais do que pode ter.
Gosta de desafios e fortes emoções.
É uma pessoa metódica que leva muito em consideração a aparência.

Não consegue ficar sozinha. Gosta de estar sempre rodeada de amigos e da família.
Gosta de manter o controle da situação e saber exatamente onde está pisando.
Tem mania de complicar tudo e transforma um problema pequeno numa coisa gigantesca.
Acredita que a felicidade está nas coisas simples da vida.

Até gosta de morar na cidade, mas não se dá bem com a correria, o trânsito e o stress.
Sempre que tem um problema, conta com os outros para ajudá-lo."
Qual será sua resposta? Você é o que você come?
http://istoe.terra.com.br/planetadinamica/produtos/teste_come/index.asp

Liberdade significa

capacidade de dizer "Sim" quando é preciso dizer "Sim",
de dizer "Não" quando é preciso dizer "Não"
e de ficar calado às vezes, quando nada é necessário - ficar em silêncio, não dizer nada.
Quando se pode dispor de todas essas dimensões possíveis,
existe liberdade.
Osho

domingo, 3 de fevereiro de 2008