segunda-feira, 14 de abril de 2008

Palavrão!

Tenho vívida lembrança de como ficava curiosa a desvendar os mistérios das palavras escritas, ficava sempre por perto das pessoas que sabiam ler e perguntava o que queriam dizer aqueles risquinhos...
Não encontrei quem tivesse paciência suficiente pra me explicar tais coisas, procurei descobrir por mim mesma, e fiquei maravilhada quando descobri que juntando aquelas letrinhas eu poderia saber o que estava escrito em todos os lugares.
Parecia que eu estava então em um novo universo, havia descoberto um mundo novo e repleto de novas palavras que eu nunca tinha ouvido falar, na minha inocência e encantamento desejava que todos soubessem: "Eu sei ler!"
Saía lendo em voz alta todas as letras que eu encontrava em muros e placas, nas ruas, folhetos, enfim, em todos os lugares.
Num dia, numa curta viagem de ônibus, comecei a praticar aquele jogo incrível que me deixava alegre e satisfeita. "Olha mãe, eu posso ler!"
Minha mãe assustada me controlou colocando a mão na minha boca. "Menina, não fala isso, é palavrão!"
Sem compreender direito por causa da minha pouca idade (entre 4 e 5 anos) respondi:
"Que isso mãe. É uma palavra pequena, tem só dois pedacinhos! Pu - ta! Fo - da!"
Nem preciso dizer como terminou a história...

2 comentários:

Andréa Motta disse...

Boa noite! Vim conhecer seu blog e convidá-la a participar da blogagem coletiva COISAS DO BRASIL, em 16 de maio. A idéia é cada um escrever, em seu blog, sobre aquilo que represente a cidade brasileira onde mora ou nasceu, a fim de que, juntos, mostremos a riqueza cultural do nosso país. Estou convidando a todos, até mesmo os brasileiros que residem no exterior; o importante é mostrarmos que o Brasil é um misto de culturas e saberes. Conto com a sua adesão!

Georgia disse...

Oi, só lembrando que amanha 18 de Abril tem a Blogagem Coletiva “O que voce faz para acabar com o analfabetismo no Brasil?”

Abracos