segunda-feira, 30 de junho de 2008

Quer ver Recife?



Eu estou vendo pessoalmente,
não quero ninguém com inveja


se você mora longe


se quizer matar a saudade
ou conhecer esta capital Pernambucana,


é só visitar o site
Tem muitas informações interessantes sobre história, arte e cultura.
Apertem seus cintos e

Boa viagem!

quinta-feira, 26 de junho de 2008

XVI Congresso Brasileiro de Psicodrama

Estou vivenciando e aprendendo...
muitas coisas sobre Viver,
ser responsável pelas minhas escolhas,
perdoar as minhas fraquezas,
e aproveitar o melhor das minhas competências.
Eu posso!!
Você pode!!
Nós podemos!!

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Falso Seqüestro

No golpe, normalmente as ligações são feitas de presídios. Os presos ligam para as vítimas e dizem que seqüestraram um parente. Eles colocam pessoas ao fundo chorando e gritando. Com o susto, as próprias pessoas repassam detalhes pessoais aos falsos seqüestradores.
Geralmente, a quantia exigida no resgate é pequena. Assim, o tempo para que a pessoa que está sendo enganada recolha o dinheiro é mais rápida. Na maioria das vezes, as ligações são feitas aleatoriamente. Mas em alguns casos, os golpistas fazem uma pequena investigação para descobrir informações da família.
A delegada Suzana Machado chama atenção para um modo bastante utilizado pelos golpistas para conseguir informações. “Eles costumam ligar falando que o proprietário da residência ganhou uma promoção. Durante a conversa, as pessoas acabam entregando detalhes. Dias depois, os golpistas utilizam as informações para aplicar o trote”, alertou Suzana Machado.
A delegada pede à população que qualquer pessoa que seja vítima do falso seqüestro informe a DRS. “Todos os trotes têm que ser registrados. Só conseguimos prender os criminosos por meio das ocorrências”.
Dicas
Para não cair no golpe, a polícia recomenda:
- Evitar atender ligações a cobrar, principalmente se for de madrugada.
- Se a pessoa tiver o aparelho que registra o número do telefone de quem está ligando, desconfiar de ligações com o prefixo do Rio de Janeiro.
- Ao receber um telefonema sobre seqüestro, tente entrar em contato com a pessoa que estaria em mãos dos seqüestradores.

Uma noite de cão!

Ser acordada à uma hora da manhã por sua mãe desesperada por ter recebido uma ligação a cobrar relatando um sequestro...
Ser a filha mais velha e ter apenas uma irmã que perdeu o celular e se mudou no último fim de semana... Não tem preço!
Foi mesmo uma noite de cão! Cão policial!
Parece brincadeira, principalmente quando não acontece com a gente...

Infelizmente, aconteceu comigo hoje!
E por mais que eu seja bem informada, descolada, independente; confesso que foi muito difícil ver minha mãe passando mau, e continuar mantendo a mente no controle do corpo.
Tive que me conservar firme (só Deus sabe como foi difícil) dirigir da minha casa a 16 km da casa da minha mãe, e seguir mais 15 km até a casa da única irmã, para ter certeza de que era apenas um trote e que estava tudo bem.
Manter a calma e o pensamento otimista, dirigindo no meio da madrugada e procurando confortar a mãe ao mesmo tempo, foi uma tarefa muito difícil.
Graças a Deus tudo terminou bem!
Acordamos, às 3 horas da madrugada, minha irmã e minha sobrinha de 2 anos , que nos atenderam entre sonolentas e surpresas.
Finalmente, entre risos e lágrimas nos abraçamos e renovamos nossos laços de amor a Deus.

quarta-feira, 4 de junho de 2008

De Volta Pra Casa


Cássia Eller

Mudaram as estações
Nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu
Tá tudo assim tão diferente

Se lembra quando a gente chegou a um dia acreditar
Que tudo era pra sempre, sem saber
Que o pra sempre, sempre acaba

Mas nada vai conseguir mudar o que ficou
Quando penso eu alguém, só penso em você
E ai então, estamos bem
Mesmo com tantos motivos
Pra deixar tudo como está
Nem desistir, nem tentar agora
Tanto faz
Estamos indo de volta pra casa


Cássia Eller - Mudaram as Estaçoes

domingo, 1 de junho de 2008

Criatividade

"Apesar de tudo, seja ousado.
Liberte sua criatividade.
E NUNCA DESISTA DOS SEUS SONHOS,
pois eles transformarão sua vida em uma grande aventura."
Tenho que confessar, estou lendo o livro "Treinando a emoção para ser feliz" de Augusto Cury; estou aprendendo a cultivar a minha auto-estima, a valorizar minhas competências e a superar minha fraquezas e fragilidades. Conheci este autor quando ganhei de presente o livro "Nunca desista de seus sonhos." Foi uma grande lição pra mim.
Assim, até parece que estou fazendo propaganda gratuita, não é isso! O que eu quero é apenas compartilhar algumas palavras que tem renovado minhas forças nas horas tristes da vida. Estou aprendendo a gerenciar meu pensamentos e emoções. Quem não viveu perdas e frustrações pode me atirar a primeira pedra.

Estou aprendendo algumas lições:
- Duvidar de tudo que não promove a vida.
- Contemplar o belo nos pequenos eventos da vida.
- Irrigar o palco da mente com pensamentos agradáveis.
- Pensar como adulto e sentir como uma criança.
- Não fazer velório antes do tempo, não sofrer por antecedência.
- Proteger minha emoção nos focos de tensão.
- Não ser carrasco de mim mesma.
"Todos passamos por dificuldades.
Algumas são imprevisíveis e inevitáveis.
Tenha coragem,
Você pode atravessar o deserto da vida!"