terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Cuide-se bem!

Luiza Helena


Tenho o coração mole e não sei dizer não na hora certa.
Sofro as consequências das minhas escolhas.
O que acho mais difícil é que às vezes penso que nem tenho escolha.
Quem me conhece e já é "acostumado" com meu jeito de ser às vezes nem se dá conta que estou cansada e perdida, procurando uma nova maneira de ser, pra não ser usada e nem abusada.
Admiro as pessoas que conseguem impor limites claros e precisos.
Pessoas assertivas, bem resolvidas que conseguem dizer o que podem ou não fazer. Pessoas que não se deixam abusar.
Tem gente que acha essas pessoas difíceis ou até egoístas, mas eu tenho aprendido a duras penas que na verdade essas pessoas têm consciência de seus próprios limites e não se permitem invasões e abusos. Elas sabem se defender, sabem se cuidar bem.
Não fico me fazendo de vítima e muito menos reclamando, faço psicoterapia, busco ajuda, tento diariamente aprender um jeito de viver bem e me cuidar melhor. Não apenas da saúde física, alimentação e exercícios físicos; mas também preciso aprender a cuidar da minha saúde mental.
Não quero sentir a culpa por decepcionar familiares e amigos...
Quero me sentir livre pra dizer: não posso, não quero, me desculpe, sinto muito, infelizmente não vai ser possível...
Sou apenas humana, falível, vulnerável a fraquezas e erros.
Enquanto isso busco aprender a cuidar melhor de mim...

Um comentário:

Grace Olsson disse...

Lu, vim ver comov c está.E vejoq uee stás bem.Bjs e dias felizes.
A musica é maravilhosa.