domingo, 20 de setembro de 2009

Ontem? Hoje? Quando?

Ana Luiza de Jesus Alves


Não sei se aproveitei
meu tempo hoje
Vi murchando pétalas
ontem tão lindas

O mundo está mudando
o branco de ontem é bege
O rio que passava aqui
da lugar a um estacionamento

Para não ser esquecida, escrevo
Para deixar minha marca, vivo
E enquanto o mundo se apaga
relembro o breve que se dissolveu.

Um comentário:

sandra disse...

Luiza Helena, o hoje é que interessa. Vivamos o aqui e agora e sejamos felizes.
Parabéns pelo seu blog.
Abraços.