sábado, 14 de novembro de 2009

Amar não dói!

Eu nem sabia o que era amar ...



Luiza Helena


Li dezenas de livros com histórias de amor. Me emocionei com centenas de poesias. Ouvi milhares de músicas. Me apaixonei diversas vezes enquanto assistia a muitos filmes românticos. Vivi intensamente encontros e desencontros de amor...
Mas, eu ainda nem sabia o que era Amar!
Poetas declamam, cantores cantam e compositores se esforçam para narrar, descrever ou contar histórias encantadas e encantadoras de amores possíveis e impossíveis. Escritores brilhantes, diretores criativos e uma quantidade incontável de profissionais do cinema, TV e teatro praticam sua arte no desafio constante de apresentar e representar o mais sublime sentimento dos humanos. Algumas comédias românticas apresentam finais felizes tão fantásticos que temos certeza que nunca aconteceriam realmente. Outras aventuras desafiam os leitores e ouvintes a defender valores e princípios bonitos e românticos enquanto os personagens lutam contra preconceitos e impedimentos ao encontro amoroso.
E, eles pensam que sabem o que é amar!
Pense bem!
Se doeu, sofreu ou chorou, então...
Não era amor.
Amar nem dói!

Nenhum comentário: