terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Eu queria escrever bonito

Luiza Helena
Eu queria escrever bem bonito
falando do amor que sinto pela vida,
pelo mundo e as pessoas
Queria minha mensagem distribuída
a todas as criaturas
que se consideram mau-amadas, infelizes,
queria que elas pudessem sempre
ter esperança que dias melhores virão.


Posso alimentar a esperança?
Ter certeza de que momentos melhores virão,

dias ensolarados e tranquilos,
com cheiro de flores e som de pássaros.


Gostaria de passear um dia
em um lugar
cheio de verde por todos os lados,
ouvir o som suave de um pequeno riacho
que corre faceiramente pelo leito de pedras sob a água transparente e limpa,
sentir o suave aroma de flores, respirar o ar puro e fresco,
sentar à sombra de uma árvore caudalosa,
experimentar do fruto maduro e doce,
sentir a brisa soprar suavemente
as folhas e flores daquele imenso jardim.


Queria acordar alegre, tranquila e calma,
pronta para um novo dia,
que começa ao alvorecer.
Novo dia, nova chance de recomeçar,
perdoar, aceitar, e viver cada dia como uma novidade,
cheio de surpresas, desafios e conquistas.
Queria escrever bem bonito
falando do grande amor que sinto
por Deus, pela vida, e as pessoas.

Queria minha mensagem distribuída
a todas as pessoas
que se amam, se perdoam, são felizes,
queria que elas pudessem sempre
ter certeza que
Dias melhores virão!

2 comentários:

Anônimo disse...

resumo seu poema em apenas uma palavra: "PERFEITO"!!!

Luiza Helena disse...

Aceito seu elogio, anônimo.
Obrigada!